terça-feira, 30 de junho de 2020

A Caipirinha - Justiça determina a venda de obra de Tarsila do Amaral

A Justiça confiscou do empresário Salim Taufic Schahin a obra A Caipirinha, de Tarsila do Amaral, que será vendido nas próximas semanas pelo valor de 42,5 milhões de reais. De acordo com a decisão da justiça, o pagamento deverá ser feito a vista. 

A Caipirinha, de Tarsila do Amaral/Reprodução
A Caipirinha, de Tarsila do Amaral/Reprodução

Tarsila do Amaral pintou A Caipirinha em 1923, e a obra havia sido adquirida por Salim, que esteve envolvido na Lava Jato. Ele era um dos sócios do falido grupo Schahin, que acumulou uma divida de 6,5 bilhões de reais. 

Com a venda do quadro e de outros bens de Salim, o dinheiro poderá ser utilizado para minimizar o prejuízo dos bancos que o empresário está devendo.

Italiana ganha na rifa um quadro do Picasso avaliado em mais de 1 milhão de dólares
Museu Frida Kahlo disponibiliza visita virtual
. Artista cria maravilhosas e viciantes pinturas a óleo

Em 1932, quando o quadro foi pintado, Tarsila estava em Paris com seu namorado, o escritor Oswald de Andrade. A artista enviou um carta a família e nela citava a obra. "Quero, na arte, ser a caipirinha de São Bernardo, brincando com bonecas de mato, como no último quadro que estou pintando".

Fique por dentro de um novo mundo curtindo e seguindo CAVASIER no Facebook, Instagram e Twitter e se inscrevendo no canal no YouTube

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only