quarta-feira, 8 de abril de 2020

Arqueólogos descobrem antiga área de culto no Iraque

Nosso mundo e as diversas civilizações que passaram por aqui continuam guardando muito segredos que aos poucos estão sendo descobertos, como aconteceu no Iraque, onde arqueólogos descobriram uma área de culto de cinco mil anos de idade.

Área de culto encontrada no Iraque/Reprodução
Área de culto encontrada no Iraque/Reprodução

No local, eram realizadas festas de fogo, sacrifícios de animais e procissões rituais dedicadas a deuses mesopotâmicos Ningirsu.  Os objetos encontrados estavam próximos e dentro de um poço ritual de 2,5 metros de profundidade, explicaram Sebastien Rey, diretor do projeto Tello/Ancient Girsu, do Museu Britânico, e Tina Greenfield, zoarqueóloga da Universidade de Saskatchewan.

Entre os itens estava o fragmento de um vaso com uma inscrição dedicada a Ninurta, um deus guerreiro mesopotâmico. Outro objeto que impressionou os pesquisadores foi uma estatueta de bronze com a forma de um pato, com olhos feitos de concha. A estatueta pode ter sido feita em homenagem a Nanshe, uma deusa associada à água, aos pântanos e às aves aquáticas.

O local ainda tem uma camada muita espessa de cinzas que pode ter sido resultado de chamas de fogo que eram utilizadas em rituais. Os pesquisados acreditam que a área foi usada entre os anos 2950 e 2350 a.C., em uma época conhecida como Período Dinástico Arcaico.

Fique por dentro de um novo mundo curtindo e seguindo CAVASIER no Facebook, Instagram e Twitter e se inscrevendo no canal no YouTube

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only