segunda-feira, 30 de março de 2020

O incrível fenômeno das pedras que andam no Vale da Morte

O Vale da Morte que está localizado no deserto de Mojave, na Califórnia, é o local de um incrível fenômeno da natureza que faz as pedras andarem, até mesmo algumas com cerca de 300 quilos.


Pedra do Vale da Morte/Reprodução
Pedra do Vale da Morte/Reprodução

O fenômeno começou a ser estudado nos anos 1940, quando pesquisadores se depararam com pedras que, aparentemente, haviam deixado rastros de dezenas de metros pelo deserto. Naquela época, várias teorias foram criadas para tentar explicar o fenômeno, teorias que envolviam desde a força magnética da Terra até extraterrestres.

Em 2013, Richard Morris, pesquisador da Universidade da Califórnia, e seu primo James Morris puderem ver e registrar o momento em que as pedras andavam no Vale da Morte.


Os pesquisadores publicaram um artigo na Plos One e explicaram que o fenômeno acontece quando a chuva produz uma capa de gelo sobre o solo seco, criando um lago superficial. 


Pedra do Vale da Morte/Reprodução
Pedra do Vale da Morte/Reprodução

Para que tudo aconteça corretamente, é preciso que tenha chovido e que a temperatura fique por volta de 0°C antes da água evaporar. Durante a noite, a água congela e forma uma capa de gelo que fica presa nas rochas. 

O sol faz o gelo derreter e criar placas com vários metros de largura que se movem com o vento, assim, as placas de gelo impulsionam as pedras e elas se movem sobre o barro a uma velocidade de 2 a 5 metros por minuto. 

O tempo de percurso e a velocidade dependerão da quantidade de água e da força do vento.

Fique por dentro de um novo mundo curtindo e seguindo CAVASIER no Facebook, Instagram e Twitter e se inscrevendo no canal no YouTube

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only