sábado, 15 de fevereiro de 2020

Nasa quer trazer amostras do solo de Marte para a Terra

No último dia 10 de fevereiro, Jim Bridenstine, presidente da Nasa, anuncio que solicitou um investimento de cerca de 25,2 bilhões de dólares para as missões espaciais, uma valor 12% maior do que o investimento do ano passado. Via Los Angeles Times.

Marte/Nasa/Reprodução
Marte/Nasa/Reprodução

Caso o Congresso dos Estados Unidos aprove o valor solicitado, a Nasa poderá dar inicio a sua primeira viagem à Marte com o objetivo de trazer amostras do solo marciano à Terra.

Dos 25,2 bilhões de dólares, cerca de 3,3 bilhões serão destinados a tecnologia de pousos lunares e 2,7 bilhões de dólares serão investidos em ciência planetária, incluindo 233 milhões de dólares para a construção da Mars Sample Return, que trará fragmentos do solo de Marte.

"Esse retorno com as amostras é um elemento muito importante, pois é a primeira viagem de ida e volta para outro planeta”, disse Thomas Zurbuchen, administrador associado da Diretoria de Missões Científicas da Nasa.

A missão de trazer partes do solo de Marte é algo que deixa os cientistas da Nasa muito animados, pois será a oportunidade de investigar com mais precisão o planeta vermelho.

O objetivo da Nasa é enviar a Mars Sample Return em 2026, trazendo as amostras marcianas para a Terra em 2031.

Fique por dentro de um novo mundo curtindo e seguindo CAVASIER no Facebook, Instagram e Twitter e se inscrevendo no canal no YouTube

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only