domingo, 24 de novembro de 2019

Roteiristas de Vingadores: Ultimato explicam porque o Homem de Ferro morreu

Stephen McFeely e Christopher Markus, roteiristas do filme Vingadores: ultimato, deram uma entrevista apara a Vanity Fair e explicaram porque mataram o Tony Stark.


Tony Stark/Marvel/Reprodução
Tony Stark/Marvel/Reprodução

Christopher Markus foi questionado porque haviam matado Tony Stark, e o diretor respondeu:


"Sua morte legitima a coisa toda. Se você continuar com a história, as pessoas podem perder o interesse, isso meio que diminui para trás, fazendo com que as pessoas pensem menos em tudo que ele já fez. A história teve começo, meio e fim, é disso que se trata o sacrifício dele."

E Concluiu:

É assim que você julga se algo foi ótimo ou não. Se no final de The Great Gatsby, eles entrassem em um carro e partissem, então nos perguntávamos o que aconteceria a seguir? Nós não teríamos lembrado disso."

Markus disse que o Homem de Ferro não poderia ter um final vivo: "Porque, realmente, o homem é muito determinado. Ele continuaria." Disse o roteirista

Isso significa que não faria sentido deixo-lo vivo sem mostrá-lo em outros histórias, pois esse não seria o Tony Stark, ele sempre quer lutar e proteger a humanidade.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only